Queda de cabelo ou calvície masculina?

Um pessoa, em condições totalmente normais, pode perder cerca de 100 a 150 fios de cabelo por dia e isso é bem aceitável. No entanto, quando é possível notar a presença de muitos fios de cabelo no travesseiro ou se acumulando no ralo do banheiro, então é preciso atenção.

Isso porque a queda excessiva pode sim ser um sinal da calvície masculina, que é uma condição série que leva a perda parcial ou total dos fios de cabelo em homens.

Ela é chamada também de alopecia androgênica e pode causar um forte abalo na autoestima masculina, levando até à depressão em alguns casos. Por isso, vamos entender um pouco mais sobre o assunto a seguir.

O que é a calvície masculina?

O cabelo passa por três fases no seu ciclo de desenvolvimento. Uma delas é o crescimento, a outra é o repouso e a seguinte é a queda, reiniciando novamente depois.

O processo todo pode ter uma duração de cerca de 10 a 18 meses, variando de acordo com fatores genéticos, hábitos de vida, etnia e outros.

Por isso, a queda natural de 100 a 150 fios indica que esses cabelos já cumpriram sua fase e que está se iniciando o nascimento de novos fios.

Já quem tem a calvície masculina, além de uma queda mais acentuada, também não há o processo de renovação, ou seja, não nasce um novo fio. Isso faz com que os cabelos vão ficando ralos, levando o couro cabeludo a ficar mais visível, se isto está acontencendo com você, é bom começar a tomar Capimax Hair o quanto antes, ele é um suplemento natural antiqueda e que funciona muito bem na prevenção da calvície.

Qual a diferença entre calvície e queda de cabelo normal?

Conforme já foi explicado, a calvície se caracteriza pela queda em maior volume e sem a reposição do fio perdido. Ela acontece por causa da ação do hormônio DHT, que atrofia a ação do bulbo capilar, que é o responsável pela fabricação do fio.

Mais do que isso, a hereditariedade também é um fator determinando para a calvície, levando a uma perda definitiva dos fios.

Já a queda de cabelo é, normalmente, uma condição temporária, que pode ser causada por falta de vitaminas, doenças infecciosas ou autoimunes, estresse, uso de bonés e chapéus, uso de alguns medicamentos e até banhos excessivamente quentes.

Nesse caso, o tratamento também tende a ser mais simples e é possível recuperar os fios perdidos assim que as causas são solucionadas da maneira correta.

Seja qual for o caso, procure ajuda e conte com o suporte de um profissional!