Os Ipês do Cerrado do Centro Oeste|Goiânia-Goiás

.

“Quanto mais rigorosa for a seca, mais o ipê floresce e se fortalece” 


Clima seco e quente é favorável à florada dos ipês, que embelezam a capital e cidades do interior de Goiás.

As que têm flores amarelas, brancas e roxas são nativas. Já os ipês com flores na cor rosa são originários da América Central e caracterizados na literatura científica como espécies exóticas, ressalta o  diretor de Áreas Verdes da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), Antônio Esteves.
Existem catalogadas pelos botânicos mais de 200 espécies de ipês.

O ipê amarelo, de acordo com o ambientalista, é o que apresenta maior diversidade de espécies no País.  Exatamente por isso, é apontado como a árvore que simboliza o Brasil.
O processo reprodutivo, depois da polinização, os frutos dos ipês se abrem e as sementes são levadas pelo vento para os mais diversos locais.

As chuvas que ocorrem em seguida favorecem o êxito da germinação. “As sementes são levadas pelo vento para longe da mãe, o que garante a sobrevivência dos seus descendentes”, pontua a professora da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Sabrina do Couto de Miranda, mestre em Botânica e doutora em Ecologia.
.
Flores do Ipê rosa em Goiânia-Goiás
Flores do Ipê rosa
Os ipês do mês de outubro em Goiânia oferecem um espetáculo que encanta qualquer um, mesmo aquele observador de  aparência cética transmite no seu semblante o reflexo de toda essa exuberância beleza.
A florada dos ipês começa  em final de Julho e que vai até Outubro, enfeitam os campos, as ruas as praças,  parques das cidades e arredores de onde colhi imagens do ipê amarelo.
Clima seco e quente é favorável à florada dos ipês, que embelezam a capital e cidades do interior. “Quanto mais rigorosa for a seca, mais o ipê se floresce e se fortalece” Este espetáculo goiano começa com a época mais seca e quente do ano precedendo as chuvas e é na estação seca que os ipês desabrocham vestido a cidade de beleza e cor oferecendo um espetáculo à quem passa por estas fileiras de flores.


Ipê roxo bola


Ipê amarelo  das espécie cascudo

.
Ipê rosa
Foto - Sebastião Nogueira

.
Fotos: Elma Carneiro e Sebastião Nogueira do Jornal O Popular-Goiânia

.

6 comentários:

  1. Eu sou o cerrado, abraço e protejo quase dois milhões de quilômetros quadrados do meu país, ou seja cerca de 23% do território do território da minha Pátria. Sou assim, a segunda maior paisagem natural da América do Sul, depois do conjunto florestal amazônico. Enfim, amem-me e eu prometo ser-lhes dadivoso, de agora até a eternidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou o Cerrado (Ivo das Chagas).

      Excluir
    2. Wagao (Ivo das Chagas)

      Bonitas palavras e parabéns pela iniciativa com as bombas semente. Gostei do seu espaço dinâmico.

      Um abraço

      Excluir
  2. Amo o cerrado. Tento trazê-lo pro meu sítio no Rj, mas não tenho obtido êxito. As plantas não se desenvolvem. No momento só tenho o Ipê. Me ajude. Já fui três vezes a Brasília,colhi várias espécies de plantas do Cerrado, galhos,sementes etc. Mas até agora nada. Socorro. Quero terminar meus dias cercado pelo Cerrado onde vivi a minha infância.

    ResponderExcluir
  3. Quero ajudar a minimizar a degradação do Cerrado. Até hoje, achava que eu não fosse normal por amar tanto esse bioma. Todo ano vou a Brasília no mês de julho e confesso,a minha vontade é de me embrenhar no Cerrado e nunca mais voltar a civilização. Dá vontade de chorar quando volto ao Rio de janeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Infante P.E
      Creio que o que tem acontecido com as plantas do Cerrado que você tem plantado sem resultado positivo é a questão do clima do Rio de Janeiro que é bem diferente do Cerrado. Ele abrange os estados da região Centro-Oeste (Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal), além do sul do Pará e Maranhão, interior do Tocantins, oeste da Bahia e Minas Gerais, bem como o norte de São Paulo.
      A vegetação predominante do Rio de janeiro é a da Mata Atlântica, é impossível o desenvolvimento do Cerrado nessa região. Sinto muito.
      Obrigada por amar nossa região, um pedaço do Brasil e de todo brasileiro. Um abraço.

      Excluir

Obrigada por sua presença no Caliandra do Cerrado.
Espero que esse espaço tenha sido útil para você. Os artigos apresentados são frutos de pesquisas e informações colhidas na web, artigos acadêmicos, livros que após um estudo coerente entre as informações que mais se igualam sobre os temas, são selecionados para as postagens.
.

Fique a vontade e se puder deixe seu comentário. Um abraço

Elma