Onça pintada nas matas do Cerrado


.

Um símbolo da fauna brasileira

.


No Brasil, a onça pintada é listada pelo (IBAMA 2003) como ameaçada de extinção atualmente  na Mata Atlântica e na Caatinga.
Cientistas dizem que espécie está 'criticamente em perigo' nos dois biomas.
.

Maior mamífero carnívero do Brasil


.
Onça pintada também vive no Cerrado brasileiro
  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: Mammalia
  • Ordem: Carnivora
  • Família: Felidae
  • Gênero: Panthera
  • Espécie: Panthera onça


.
À primeira vista, a onça pintada parece-se muito com o leopardo. Contudo um exame mais detalhado mostra que sua padronagem de pêlo apresenta diferenças significativas. Enquanto o leopardo apresenta rosetas menores mas em maior quantidade, as manchas da onça são mais dispersas e desenham uma roseta maior, algumas delas com pontos pretos no meio.A cabeça da onça é proporcionalmente maior em relação ao corpo. O grande declínio do seu habitat no norte e a fragmentação nas outras regiões, contribuíram para o estado de ameaça iminente. Na década de 1960, houve uma diminuição significativa no número de indivíduos, pois anualmente mais de 15 000 peles foram exportadas ilegalmente da Amazônia Brasileira.
Ocorre em vários tipos de habitat, desde florestas como a Amazônica e a Mata Atlântica, até em ambientes abertos como o Pantanal e o Cerrado. São animais de hábitos solitários, tendo maior atividade ao entardecer e à noite. São territorialistas, ocupando, na dependência do tipo de habitat, de 25 a mais de 80 km², onde o território de um macho se sobrepõe ao de duas ou mais fêmeas.

.A onça pintada e sua mordida poderosa


.A onça pintada é o maior mamífero carnívoro do Brasil, necessita de pelo menos 2 kg de alimento por dia, é uma excelente caçadora boa corredora de velocidade ataca sua presa com um salto certeiro e fatal, matando por asfixia ou com uma mordida certeira na nuca esmagando as vértebras. Os dentes são afiados e a mandíbula é muito forte, graças aos poderosos músculos que ligam o crânio à mandíbula e ao pescoço. Suas principais presas são antas, veados, capivaras e até mesmo jacarés.

Onça pintada capturada por pesquisadores durante uma campanha do PARNA (Parque Nacional do Pantanal) para coletar dados do animal. É um trabalho importante para se conhecer mais sobre o bicho. Após a coleta de dados ela é devolvida ao seu habitat. Os dentes estão sujos de barro, conforme informações do fotógrafo Cristian Dimitrius.
.
Onça pintada apreendida pelos pesquisadores a fim de colher dados para estudo. Fotografia de Cristian Dimitrius
Foto colhida no blog do fotógrafo e cinegrafista Cristian Dimitrius onde ele relata a aventura da captura da onça por pesquisadores para coleta de dados no PARNA - Parque Nacional do Pantanal.

Possui caninos fortes e dentes carniceiros bem desenvolvidos e especializados para cortar. Os dentes carniceiros funcionam quase como uma tesoura, sendo muito eficientes para romper a carne das presas. A superfície da língua é coberta por papilas que dão um aspecto de lixa, ajudando a raspar a carne dos ossos.É capaz de partir com seus caninos mesmo os maiores ossos, como o crânio de uma anta, ou até cascos de tartaruga sendo o único felino a fazer isto. Pode abater uma enorme variedade de presas – e as abate, pois quase nenhum animal escapa à sua voracidade.

.

ONÇA PINTADA: o mais agressivo dos felinos

.
A onça-pintada  é o predador topo de cadeia alimentar.
Mas, devido ao porte encorpado e às pernas relativamente curtas, não é uma boa corredora – e prefere a emboscada.
Ela move-se silenciosamente, com cabeça abaixada: as manchas de seu pêlo constituem uma perfeita camuflagem.
É uma exímia nadadora, capaz de atravessar até 1 quilômetro de rio atrás de comida ou de companheiros para reprodução, e consegue subir com destreza em árvores. Para pescar, agita a cauda sobre a superfície do rio para atrair o peixe que ela pega com uma patada.

No Pantanal uma onça pintada atacando e matando um jacaré - foto de Juliano Macedo/ VC no G1
Onça pintada caçando uma capivaraOnça pintada caça e domina um jacaré
Momentos da caça da onça pintada:uma capivara e dois jacarés

Veja também a emocionante caçada da onça pintada (macho) de 150 quilos matando um jacaré com sua poderosa mordida na sua cabeça, clicando na imagem onde você poderá ver o vídeo no momento do ataque. É de arrepiar e você não pode perder. Vai lá... mas depois volta aqui para continuar sua leitura.
Clique na imagem abaixo

.


.

Sobre a onça pintada assim fala o sr. João Pequetito, 81 anos, ex boiadeiro e violeiro de Poconé/MT.
.
.

A onça pintada: força de trator

.
"Já vi onça pegar muita criação. Ela vem sondando e, quando o gado assusta, ela já voou no boi. Pega com uma unhada no nariz, outra no lombo, e aí mete o dente na nuca. Quebra o pescoço. Ela arrasta um boi inteiro. Porque onça não come no lugar que matou. O bicho tem força como se fosse uma esteira de trator. É muito perigoso esbarrar na carniça com ela por perto"

Apesar disso, a onça não se furta em comer pequenos animais se a chance lhe aparece. As maiores ameaças ao jaguar são o desmatamento por todo seu habitat, a caça pela pele, a fragmentação dos habitats e o comportamento dos pecuaristas, que frequentemente caçam ou envenenaram as onças-pintadas para tentar proteger o gado. Originalmente, ocorriam desde o sul dos EUA até o Uruguai e Pampas argentinos. Sua distribuição geográfica foi reduzida em virtude da ocupação humana, sobretudo para a exploração agropecuária. A onça pintada já foi extinta dos EUA desde 1986, tendo sido avistada pela última vez no Arizona.

Foge da presença humana e mesmo nas histórias mais antigas, são raros os casos de ataque ao ser humano. Como necessita de um amplo território para sobreviver, pode "invadir" fazendas em busca de animais domésticos, despertando, assim, a ira dos fazendeiros que a matam sem piedade. Por esse motivo, e sobretudo pela rápida redução de seu habitat, esse felídeo, naturalmente raro, ainda encontra-se a beira da extinção no Brasil.
.
A onça pintada necessita de um território de 10 a 40km².
A onça é o maior felino das Américas, com 80 cm de altura, comprimento em média 1,80 m (macho) e 1,40 m (fêmea) até podendo alcançar até 150kg. As patas curtas não lhe permitem longas corridas, porém lhe proporcionam grande força, fundamental para dominar animais possantes. Ocasionalmente esses felinos atacam e devoram grandes serpentes (jibóias e sucuris), em situações extremas.

Onça pintada em acasalamento - foto do site focustoursAcasalamento da onça pintada

Durante a época do acasalamento, a onça pintada, que é um animal muito solitário, procura um par.

As fêmeas da onça-pintada alcançam a maturidade sexual com cerca de 2 anos de idade, e os machos entre 3 e 4 anos. Acredita-se que esse felino copule durante todo o ano em estado selvagem, embora os nascimentos se concentrem em épocas de fartura das presas.
O cio dura entre 6 e 17 dias, em um ciclo de 37 dias, e fêmeas demonstram o período fértil com marcação de urina e aumento nas vocalizações. Ambos os sexos se deslocam mais durante o período da corte.
Na época reprodutiva, as onças perdem um pouco os seus hábitos individualistas e o casal demonstra certo apego, chegando inclusive a haver cooperação na caça. Normalmente, o macho separa-se da fêmea antes dos filhotes nascerem.
 .
Onça pintada e o filhote
A gestação dura cerca de 100 a 120 dias e pode ocorrer o nascimento de até 4 filhotes. Os bebês nascem cegos e enxergam somente após duas semanas de vida. Com três meses de vida o filhote começa a sair da toca, para ser ensinado pela mãe a viver sozinho. Após esse período, começa a sua vida solitária. Os machos atingem a maturidade sexual aos três anos e meio e a fêmea aos 2 anos de idade.
.

Ouça o rugido da onça pintada


.
Após muita busca pelo rugido também chamado de esturro, consegui duas pequenas mostras, mas, dá para ter uma ideia mais ou menos aproximada. Se alguém tiver mais alguma gravação que possa doar ao Caliandra do Cerrado, eu ficaria muito feliz. Fico imensamente satisfeita por ter encontrado estas duas que estavam em arquivo WAV e que transformei em mp3 e depois fiz o vídeo.

1ª rugido do Laboratório de Ornitologia de Cornell
2ª rugido do site Biomundo
.
Ouça seu som

video





Veja também postagem sobre a onça suçuarana seu habitat e hábitos de vida, o único felino que não urra e ouça o seu miado.

Clique nela e chegue até lá




Imagens colhidas no Google




.

8 comentários:

  1. Elas são lindas( pra ver de longe,rssr) Muito linda essapostagem!beijos,chica e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  2. eles sao muito lindos

    ResponderExcluir
  3. Atinge-me uma tristeza profunda pensar que estes seres um dia se vao extinguir. E mais ainda quando, em muitos casos, somos nos os humanos os culpados.
    Belas imagens de um belo ser!

    ResponderExcluir
  4. como diz a beck amei amei amei

    ResponderExcluir
  5. adorei estou fazendo um trabalho sobre os animais do cerrado sou de araxa sempre vou vim aqui pra pesquisar alguma coisa

    ResponderExcluir
  6. Se continuar deste jeito, a maldade e a ganância do ser humano por fim acabará com todos os animais do planeta. Que pena que esteja acontecendo isto com esta preciosidade, a onça pintada, bem como a tantos outros.

    ResponderExcluir
  7. são muito lindas e se camuflam bem

    ResponderExcluir

Obrigada por sua presença no Caliandra do Cerrado.
Espero que esse espaço tenha sido útil para você. Os artigos apresentados são frutos de pesquisas e informações colhidas na web, artigos acadêmicos, livros que após um estudo coerente entre as informações que mais se igualam sobre os temas, são selecionados para as postagens.
.

Fique a vontade e se puder deixe seu comentário. Um abraço

Elma